Bitte verwenden Sie diesen Link, um diese Publikation zu zitieren, oder auf sie als Internetquelle zu verweisen: http://hdl.handle.net/10419/235222
Autoren: 
Pogrebinschi, Thamy
Datum: 
2021
Zusammenfassung: 
Desde que a maioria dos países da América Latina realizou a transição para a democracia há cerca de 30 anos, a região tem testemunhado um contínuo e intenso florescimento de instituições, mecanismos e processos voltados para o fortalecimento da democracia por meio da participação cidadã. Essas inovações democráticas, criadas por governos e organizações da sociedade civil, constituem um panorama de experimentação política que é parte integral da democracia latino-americana, e não deve ser ignorado pelos índices que avaliam a democracia na região. Essa convicção me levou a idealizar o LATINNO, para permitir que estudiosos, profissionais e formuladores de políticas mapeassem, medissem e comparassem inovações democráticas em toda a América Latina. O banco de dados LATINNO compreende 3.744 instituições, processos e mecanismos de participação cidadã criados em 18 países da América Latina entre 1990 e 2020. É a primeira e até agora a mais abrangente e sistemática fonte de conhecimento sobre as inovações democráticas desenvolvidas na América Latina. Este relatório final completa os cinco anos de trabalho do LATINNO e é composto por três partes. A primeira apresenta o projeto, sua estrutura analítica, metodologia e banco de dados. A segunda parte destaca alguns resultados, tendências e recomendações baseadas em dados do LATINNO. Finalmente, a terceira parte apresenta uma breve narrativa de como as inovações democráticas evoluíram em cada um dos 18 países investigados, destacando alguns casos relevantes contidos no banco de dados.
Schlagwörter: 
democracia
participação cidadã
inovações democráticas
América Latina
Datensatz: 
Dokumentart: 
Research Report

Datei(en):
Datei
Größe





Publikationen in EconStor sind urheberrechtlich geschützt.